segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Está com sede?

Como eu já disse antes, se você sentir sede no seu passeio ao Corcovado, está ferrado. Nas Paineiras não há nenhuma opção além dos ambulantes; e no Cosme Velho você terá à sua disposição pouquíssimas opções de bares e restaurantes.

Camelô vendendo água na praça São Judas Tadeu: quente e cara!

Comprar água no camelô pode não ser uma ideia muito boa - não há garantias de que não estão vendendo água de torneira em garrafas reaproveitadas, além de custar um preço nada fácil de explicar (até o dobro do preço normal). Por isso, fica aqui uma dica importantíssima: se você estiver morrendo de sede enquanto espera (por muito tempo) pela hora do seu trem, você pode comprar água na Drogaria Cristal, em frente à praça São Judas Tadeu. 



Aliás, a Drogaria Cristal tem uma máquina do banco 24 horas e também vende sandálias havaianas. 

Só não pode beber muita água, ou vai dar aquela vontade de fazer pipi... e na praça não tem banheiro!

5 comentários:

Sergio Castiglione disse...

A Estação tem banheiros adequados inclusive à portadores de necessidades especiais. A Igreja poderia também franquear suas instalações sanitárias aos "irmãos de fé, assim como o Museu Naif (se reaberto), o ICAA, além da possibilidade de reformar o terminal de ônibus, disponibilizando instalações sanitárias dignas de um GRAAL.

Rio eu te amo disse...

Quem bom que você lembrou dos banheiros da estação, Sérgio! sabe se eles são em quantidade suficiente e estão sempre limpos para utilização? Se for deduzir pelo que vejo do lado de fora, diria que sim, é tudo muito arrumadinho. Tem instalações exclusivas para crianças? Passe as dicas! Obrigada!

Sergio Castiglione disse...

Com certeza, as opções citadas são melhores do que a colocação de banheiros químicos externos para atender à demanda. As empresas citadas e outras do entorno podem ser convidadas a cooperar com o bairro e com o turismo (que na verdade é importante para todo o povo do Rio de Janeiro), franqueando e melhorando suas instalações sanitárias num belo e necessário exemplo de cidadania e boa vizinhança.

Wilker Gomes disse...

Para subir de carro ao Cristo paga alguma coisa, sendo meu o carro?

Rio eu te amo disse...

Paga sim, Wilker. Você só vvai de carro até as paineiras; a partir dali você obrigatoriamente pega a van da beltur. Mais informações em http://www.parquedatijuca.com.br/corcovado/